5 motivos para assistir The Hour com Peter Capaldi

The Hour

The Hour, série da BBC que conta os bastidores de um programa de notícias em plena Guerra Fria, tem TUDO a ver com Doctor Who – apesar de não parecer. Quer ver só? Dá uma olhada…

1 – Peter Capaldi está na 2ª temporada vivendo um certo Sr. Brown, que assume como novo diretor do programa. Ou seja: se você não aguenta esperar até o especial de Natal, é uma ótima oportunidade de ver o ator em ação (ele é bom pra caramba!).

The Hour

2 – Apesar de ser fictício, The Hour é filmado nos estúdios Lime Grove, da BBC, que existiu de verdade. O prédio original foi demolido em 1991, mas a série recria seus corredores e estúdios. Ali é que foram gravadas as primeiras cenas de Doctor Who em 1963 no famoso estúdio D, que a equipe de produção detestava – ele era pouco prático, quente e pequeno demais para o console da Tardis. A maioria dos arcos de William Hartnell e Patrick Troughton foram gravadas ali. Com a inovação da TV a cores, a era de Jon Pertwee foi movida para o BBC Television Centre. Hoje em dia, todas as filmagens em estúdio de Doctor Who são feitas em Cardiff, já que o show é produzido pela BBC Wales.

the-hour

3 – Bel, a produtora do noticiário, é uma mulher, o que era muito raro para a época. Na verdade, a primeira mulher a ter um cargo de produtora na BBC foi Verity Lambert. Qual programa, vocês perguntam? É isso mesmo. Doctor Who. Ela foi interpretada por Jessica Raine (Call the Midwife) no especial An Adventure in Space and Time, de Mark Gatiss.

4 – Guerra Fria tem tudo a ver com Doctor Who, que estreou em 1963 na BBC e foi um dos primeiros programas de ficção científica da TV. Era a época da corrida espacial, impulsionada pela tensão entre Estados Unidos e União Soviética, e por isso o tema das viagens espaciais estava em alta. Tudo isso porque a emissora não queria ficar atrás da ITV, que começava a roubar sua audiência – um problema enfrentado também pelos personagens de The Hour.

tumblr_mu702lsOQU1r3q7jqo1_500

5 – No Emmy Awards de 2013, os fãs de Doctor Who ficaram torcendo por alguma menção à série, que comemora 50 anos. A premiação nem mencionou DW – em vez disso, resolveu premiar The Hour. Eles ainda fizeram uma apresentação mencionando os Beatles. Doctor Who também é cultura britânica, viu, ianques?

EXTRA: Fãs de Sherlock podem conferir a performance de Andrew Scott, aka Moriarty, que participa de alguns episódios da 1ª temporada. Oona Chaplin, de Game of Thrones (e neta de Charlie Chaplin), também aparece e tem um papel regular como a esposa do apresentador Hector.

tumblr_lu75k1Vqjr1qb9lgyo1_500

tumblr_mfqz88ECx91r5c2fso1_500

Vale lembrar que as duas temporadas de The Hour estão disponível no Netflix com legendas em português! (e não, isso não é um publieditorial). Aproveitem! 😀

8-temporada-doctor-who-dvd-comprar

Thais Aux

Thais Aux é jornalista e tradutora. Começou a ver a série em 2011, quando criou este site! Doutor favorito: 10º. Companion favorita: Rose Tyler. Vilão favorito: Daleks!

Um comentário em “5 motivos para assistir The Hour com Peter Capaldi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*