A História de “Doctor Who”, parte I – Procura-se um Doutor

Por Anna Hartnell

Pois bem. No último episódio, vimos como Sydney Newman, produtor da BBC, recebeu a incumbência de criar um programa tapa-buraco para a grade de programação da emissora, e saiu-se com um doutor rabugento e uma máquina do tempo estranha (que ainda não tinha formato de cabine telefônica – isso veio depois).

Com a ideia no papel – e a grande ajuda dos autores Donald Wilson, C.E. Webber, Anthony Coburn e David Whitaker – Newman foi atrás de um produtor de cena que topasse ajudar a colocar aquela maluquice toda no ar. O produtor é quem escala os atores, supervisiona o roteiro, verifica se o zíper da roupa do monstro não está aparecendo, esses detalhes que fazem toda a diferença.

Os dois primeiros convidados, justamente porque achavam a série MUITO estranha, se recusaram. Entra em cena Verity Lambert: aos 28 anos, a mais jovem produtora da emissora (e a única mulher, numa época em que mulheres nos bastidores ou eram secretárias ou maquiadoras – e só) topou de cara o desafio.

Verity Lambert cercada por monstros

Verity Lambert, a madrinha do Doutor, cercada por monstros da série clássica

Tinha tudo para dar errado; pessoas na BBC acreditavam que a série só iria durar as 13 semanas que a emissora tinha aceitado produzir. Afinal, era um tapa-buracos. Quem é que ia assistir as aventuras de um velhinho meio ranzinza viajando numa máquina do tempo? E ainda por cima produzido por uma moça?!

Para piorar, cadê que eles achavam um ator que aceitasse o papel? Os atores Hugh David (que depois dirigiria episódios da série) e Geoffrey Bayldon, convidados pela produção, não quiseram participar. Verity Lambert então contatou William Hartnell, que ela tinha assistido no premiado filme This Sporting Life (1963).

Hartnell, para dizer o mínimo, não tinha muito a ver com a proposta. Então com 55 anos, ele sempre aparecia retratando tipos durões no cinema, sem nenhum apelo infantil. Ele só topou participar após muita insistência de Verity… E porque, tendo dois netos com a idade do público-alvo da série, ele achou que seria uma ótima oportunidade para mudar sua imagem e fazer outra coisa da vida além de sargentões, ladrões e brutamontes em geral.

William Hartnell em cena de “This Sporting Life”, ao lado de um jovem Richard Harris

Esse tremendo balaio de gatos – com orçamento apertado, desacreditado pelo roteiro ousado e pelo ator com fama de mau e peruca engraçada (Hartnell, na vida real, tinha cabelo bem curto) – foi para o ar em 23 de novembro de 1963, às 17h15. Se vocês são bons de História, sabem que esse foi o dia seguinte à morte do presidente norte-americano John Kennedy. Por conta da comoção causada pelo assassinato, a estreia de DW passou em branco, e a BBC tratou de reprisar o episódio, “An Unearthly Child”, no dia 30 de novembro, um pouco antes do segundo episódio ir ao ar.

Como eles se safam dessa estreia ruim? E os Daleks, quando aparecem? Isso, amigos, é assunto para o próximo episódio…!

…CONTINUA

“Verity, tem dó. Quem vai ter medo de um saleiro gigante com um desentupidor de pia acoplado?”

Resposta: MUITA GENTE.

Compre aqui o livro 12 Doutores 12 Histórias da Editora Rocco

5 comentários em “A História de “Doctor Who”, parte I – Procura-se um Doutor

  • 13/03/2012 em 4:54 PM
    Permalink

    Muito bom!
    mal posso esperar para o próximo episódio! uahsuahushauhsua

    Resposta
  • 14/03/2012 em 12:56 PM
    Permalink

    É, supercool esta sua série Anna.
    Certo que já tem o tormento de esperar acabar o hiato de Doctor Who, Games of throne, Downton Abbey, etc., mas a vida de fãs de série é assim mesmo.

    Resposta
  • 15/03/2012 em 7:12 PM
    Permalink

    Acabei esquecendo de dizer isto: em Downton Abbey há uma atriz que eu tinha certeza de que já havia visto antes, mas não lembrava onde. Aí veio a revelação como um raio: é a atriz que fez a prime minister Harriet Jones.

    Resposta
  • 20/08/2012 em 3:58 PM
    Permalink

    Acabo de descobrir que o Hartnell usava peruca na série. TÁ SENDO MUITO BOM LER ESSAS MATÉRIAS. GENIAL!!!

    Resposta
  • Pingback:David Bradley vai viver William Hartnell em especial da BBC - Doctor Who Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*