Moffat defende Peter Davison e diz que não houveram críticas à Jodie Whittaker

A escolha de Jodie Whittaker para o papel de 13ª Doutora está dando o que falar – mas Steven Moffat garante que a mídia está distorcendo as histórias sobre a escolha de Chris Chibnall. Para o showrunner, não houve crítica negativa sobre a entrada da atriz na série. Veja alguns trechos da entrevista:

“O que eu sinto que é frustrante é que o fandom de Doctor Who está sofrendo uma calúnia. Está tendo um monte de histórias sobre um ‘enorme’ reação contra a nova Doutora. Não é verdade. Não houve reação negativa em relação a uma Doutora mulher. Nem um pouco. 80% de aprovação nas mídias sociais. 80%! Nenhum governo é eleito com esses números. Tem mais gente falando sobre uma reação negativa do que o que está acontecendo de fato”.

Depois, ele reconheceu que podem ter havido reações negativas:

“Houveram algumas pessoas, mas sempre tem. É a seção de comentários, pelo amor de Deus! É onde os solitários vão para morrer. Eles não são importantes. A aprovação foi imensa“.

E acrescentou:

“O que é interessante é a história que deve ser contada – contem essa história – é a de que o fandom de Doctor Who, que em tese é conservador, gostou de Jodie Whittaker. Eles não estão dizendo “Uma mulher?!”, mas sim “Jodie Whittaker? Ótima escolha! E aliás, ela é uma mulher”.

O ator Peter Davison foi entrevistado durante o evento e disse:

“Whittaker é uma ótima atriz e fará um ótimo trabalho. Se eu tiver dúvidas, é mais em relação à perda de um modelo de conduta para os garotos, que eu acho que Doctor Who é muito importante. Fico triste por isso, mas entendo o argumento que vocês querem abrir. Como espectador, gosto da ideia do Doutor ser um garoto, mas acho que sou um dinossauro das antigas – quem sabe?”

A fala do 5º Doutor foi vista pela mídia como uma reação negativa à escolha de Jodie. Mas Moffat e Gatiss defenderam o ator. Moffat disse:

“Vão ler o que ele falou. É um ultraje, esse jornalismo caça-cliques, de ame ou odeie. Peter Davison é um feminista comprometido e liberal, e tocou em pontos sensíveis. Você pode concordar ou discordar. Mas ele não falou nada que as notícias estão dizendo que ele disse”.

Mark Gatiss entrou na conversa, dizendo:

“A primeira coisa que se lê é que ‘ex-Doctor Who critica Doutora mulher’. Não houve críticas. Ele não falou isso! É pernicioso, pois não há nenhuma matéria sobre a onda positiva sobre a escolha. Isso eles não publicam“.

Moffat finalizou, dizendo:

“Escrevam essa história. Sobre a onda massiva de positividade sobre a escolha da atriz”.

E aí, o que vocês acham disso tudo? A mídia está mesmo distorcendo a história, ou há mais críticas do que Moffat está enxergando? Deixe sua opinião nos comentários!

Fonte da matéria: http://www.cbr.com/steven-moffat-doctor-who-backlash-peter-davison/

Thais Aux

Thais Aux é jornalista e tradutora. Começou a ver a série em 2011, quando criou este site! Doutor favorito: 10º. Companion favorita: Rose Tyler. Vilão favorito: Daleks!

Um comentário em “Moffat defende Peter Davison e diz que não houveram críticas à Jodie Whittaker

  • 26/07/2017 em 12:22 PM
    Permalink

    Gosto muito mesmo de doctor who dublado, só vejo legendado quando não encontro dublado, e dessa vez me desepçionei o que fizerãm com a voz da bill, ficou muito ruim, a syfy deveria mandar dublar tudo de novo ! A voz dela é de uma dubladora de the walking dead, em TWD ela ficou otima mas em doctor who , muito ruim mesmo estragou a personagem !

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*