Review – The Crimson Horror

SPOILERS, SWEETIE!

Esse é o tipo de episódio que deixa a cabeça dos fãs internacionais de DW girando em falso. Aproveita-se melhor as piadas se você sabe que Tom Tom é o nome do sistema de GPS mais popular no Reino Unido, por exemplo. Ou aprecia-se melhor a tensão do cenário se você sabe que há, até hoje, uma divisão entre o Sul da ilha (teoricamente mais sofisticado, porque é onde está a capital, Londres) e o Norte, mais rude e sujo e com sotaque pesadíssimo.

Isso posto, cá estamos em Yorkshire, no coração da Revolução Industrial, no meio da Era Vitoriana. O incrível trio de detetives extraterrestres Strax, Madam Vastra e Jenny (nossos conhecidos de outras aventuras) está investigando o estranho surgimento de corpos em um canal, todos pintados de vermelho e petrificados – o tal Crimson Horror mencionado no título.

15 minutos de história depois e eis que surge o Doutor… igualmente vermelho e petrificado.

Já deu para perceber que a coisa vai ser um pouco mais complicada desta vez.

Mark Gatiss, que já tinha aparecido nessa temporada como o autor de “Cold War”, aqui usa suas credenciais como autor da série  “Sherlock” para sair-se com um mistério à moda dos romances policiais do século 18 – quem, ou o quê, está transformando essas pessoas em estátuas vermelhas? E como foi que o Doutor, apesar de estar parecendo uma mistura do Hellboy com estátua de cera, não morreu como os outros? (dica: ter dois corações é bem útil nessas horas)

367984

Há muitas relações deste episódio com as histórias de mistério da época, não só Sherlock Holmes mas também a obra de Edgar Allan Poe. Mrs. Gilliflower (Diana Rigg) e sua filha Ada (Rachel Stirling – filha de Rigg também na vida real), uma comandando o show e a outra como “exibição”, são figuras muito comuns nas histórias de horror da época. As comunidades de benfeitorias, como Sweetville, também eram muito conhecidas nesse período – geralmente, explorando os pobres ou perdidos em nome da salvação de sua alma. Ou, nesse caso, transformando as pessoas em isca para uma invasão alienígena…

uktv-doctor-who-the-crimson-horror-12

Strax, Vastra e Jenny reconhecem Clara em suas roupas vitorianas. Pior, eles sabem que ela vai morrer e perguntam ao Doutor o que está acontecendo, como é possível que ela esteja ali, de novo. Pois é, eles, vocês, eu e até o Doutor gostaríamos de saber essa. Mais do que o nome do Homem de Gallifrey, acho que o principal mistério até aqui é: quem, ou o quê, é a garota impossível?

Bem, a outra pergunta é quando o Strax, Jenny e Vastra ganham seu programa spin-off. Porque isso seria genial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*